12 de janeiro de 2018

Para ACSP e Facesp, rebaixamento da nota brasileira pela S&P resultará em aumento de custos

São Paulo, 12 de janeiro de 2018. Presidente da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) e da Federação da Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp), Alencar Burti afirma que a decisão da Standard & Poor’s de rebaixar a nota do país, embora esperada, afeta negativamente a imagem do Brasil no exterior e resultará em aumento do custo dos financiamentos externos para as empresas brasileiras e inibirá investimentos.

“A recuperação em curso da economia não deverá ser afetada no curto prazo, mas espera-se que esse rebaixamento sirva para reforçar a urgente necessidade de aprovação da reforma da Previdência e da adoção de novos cortes de despesas para reduzir o desequilíbrio fiscal e alterar a trajetória ascendente da dívida pública”, diz.

 

Mais informações:
Renato Santana de Jesus
Assessoria de Imprensa
rjesus@acsp.com.br
(11) 3180-3220 / (11) 97497-0287 

Sobre a ACSPA Associação Comercial de São Paulo (ACSP), em seus 123 anos de história, é considerada a voz do empreendedor paulistano. A instituição atua diretamente na defesa da livre iniciativa e, ao longo de sua trajetória, esteve sempre ao lado da pequena e média empresa e dos profissionais liberais, contribuindo para o desenvolvimento do comércio, da indústria e da prestação de serviços. Além do seu prédio central, a ACSP dispõe de 15 Sedes Distritais, que mantêm os associados informados sobre assuntos do seu interesse, promovem palestras e buscam soluções para os problemas de cada região.