10 de novembro de 2017

Seção do Diário do Comércio te ajuda a ficar por dentro dos novos termos do mercado de inovação nos negócios

No universo das start ups, onde quem dá as cartas é a tecnologia, novos temores, muitos deles em inglês, surgem a todo momento. Para se manter atualizado no mundo dos negócios inovadores é precisa ficar atento e manter o constante aprendizado.

O Diário do Comércio te ajuda nesta árdua tarefa. Na seção “Glossário do empreendedor” nomenclaturas que acabam de surgir no mercado são explicadas com esmero pelos repórteres do jornal digital da ACSP.

Aprimore o seu conhecimento e saiba abaixo o que significa os termos cross-selling e up-selling, incubadora, empresa B, internet das coisas e product market fit.

CROSS-SELLING E UP-SELLING

Práticas empregadas no comércio que podem engordar o caixa ao incentivar compras com maior quantidade de itens e produtos de maior valor agregado. (Clique para saber mais!)

>>>

INCUBADORA

Instituições de apoio ao empreendedorismo que oferecem capacitação e estrutura física para desenvolver modelos de negócios de startups com potencial de crescimento.

>>>

EMPRESA B

Negócios que alinham lucro e impacto socioambiental positivo. Entre as maiores representantes do sistema está a Patagonia, fabricante americana de artigos de aventura, e a brasileira Natura.

>>>

INTERNET DAS COISAS

Tecnologia que possibilita conectar produtos - de carros a geladeiras -, à web, para coletar e transmitir dados. Aplicada à indústria e varejo, contribui para aumentar a eficiência dos negócios.

>>>

PRODUCT MARKET FIT

Termo usado por empreendedores à frente de startups e investidores que designa quando um produto satisfaz a real necessidade do mercado que a empresa almeja atender.