17 de outubro de 2017

Escola estadual adotada pela Distrital Mooca realizou uma linda festa de 50 anos

A Escola Estadual M.M.D.C., fundada em 15 de julho de 1954, quando São Paulo comemorava seu quarto centenário, celebrou no último dia 10 de outubro os 50 anos do prédio em que a escola se encontra até hoje, na rua Cuiabá.

Na ocasião foi lembrada a importância da Revolução de 32, quando os paulistanos se mobilizaram em um movimento popular que culminou com a elaboração da Constituição Federal, e que teve alguns acontecimentos trágicos, como a morte dos jovens estudantes que dão nome à sigla que nomeia a escola estadual: Martins, Miragaia, Dráusio e Camargo.

Os alunos declamaram belos poemas, conduziram um ato cívico e fizeram uma teatralização, além de apresentações de dança e canto.

Estiveram presentes ao evento diversas autoridades civis e militares, entre eles o comandante do 21º Batalhão da Polícia Militar, Cel. Antonio Delafina, que colaborou para a realização do evento; a vereadora Edir Sales; o presidente do Rotary Mooca, Euclides Gonzalez; o diretor-superintendente da Distrital Mooca, Luiz Carlos Castan; e  o secretário estadual da Educação, Dr. José Renato Nalini, que decidiu visitar pessoalmente a escola adotada pela Distrital Mooca, dentro do Programa "Adoção Afetiva das Escolas", uma iniciativa do próprio secretário que foi abraçada pela Associação Comercial de São Paulo, por meio de seu Conselho Cívico e Culturai.



O M.M.D.C. foi adotado pela Distrital Mooca, que já realizou na escola, em parceria com o Rotary Mooca, o "Projeto Rumo", que oferece orientação profissional a jovens estudantes. E em novembro irá presentear a escola com uma nova bandeira nacional, em cerimônia a ser marcada.