ACSP
ACSP

Segundo o Índice de Confiança de São Paulo (IC-SP), 60% dos paulistas estão inseguros no emprego e apenas 18% estão seguros; já 83% conhecem alguém que foi demitido nos últimos 6 meses, enquanto somente 16% não conhecem

São Paulo, 21 de agosto de 2018. O Índice de Confiança de São Paulo (IC-SP) da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) registrou 65 pontos em agosto, uma queda de quatro pontos em relação a julho (69). O indicador varia entre zero e 200 pontos; o intervalo de zero a 100 é o campo do pessimismo e, de 100 a 200, do otimismo. A pesquisa feita entre 1º e 11 de agosto em todas as regiões do estado, com margem de erro de três pontos.

A confiança de quem vive em SP está abaixo não apenas da média nacional (76), mas também da média do Sudeste (66). “São Paulo é o estado mais industrializado do País e por isso é o que mais sente o desemprego. Além disso, beneficia-se pouco do boom da agropecuária no mercado internacional”, analisa Alencar Burti, presidente da ACSP.

De acordo com ele, a indústria paulista, embora tenha apresentado sinais de retomada, não necessariamente será um motor potente na geração de empregos. “A indústria tem priorizado a produtividade, investindo em automação, robotização e mecanização”, diz Burti, enfatizando também que o emprego costuma ser o último indicador a melhorar após uma crise.

Segundo o IC-SP, 60% dos entrevistados pela pesquisa disseram estar inseguros em seus empregos e apenas 18% estão seguros. Mais do que isso, 83% conhecem alguém que já foi demitido nos últimos seis meses, enquanto somente 16% não conhecem. “Emprego é uma questão muito sensível para o consumidor, e deve pautar inclusive as discussões eleitorais da região”, lembra Burti. O presidente da ACSP acrescenta que as incertezas no campo político também contribuem para a queda da confiança.

Na comparação com agosto de 2017, porém, a confiança de SP avançou cinco pontos, refletindo a melhora do cenário macroeconômico.

Metodologia

O IC-SP é elaborado pelo Instituto Ipsos a partir de 1.200 entrevistas pessoais e domiciliares, com amostra probabilística, com cota no último estágio de seleção e margem de erro de três pontos percentuais, representativa da população brasileira de áreas urbanas de acordo com dados oficiais do IBGE (Censo 2010 e PNAD 2014).

Veja na íntegra: Índice de Confiança de São Paulo (IC-SP)

 

Mais informações:
Renato Santana de Jesus
Assessoria de Imprensa
rjesus@acsp.com.br
(11) 3180-3220 / plantão (11) 97497-0287

Sobre a ACSP: A Associação Comercial de São Paulo (ACSP), em seus 123 anos de história, é considerada a voz do empreendedor paulistano. A instituição atua diretamente na defesa da livre iniciativa e, ao longo de sua trajetória, esteve sempre ao lado da pequena e média empresa e dos profissionais liberais, contribuindo para o desenvolvimento do comércio, da indústria e da prestação de serviços. Além do seu prédio central, a ACSP dispõe de 15 Sedes Distritais, que mantêm os associados informados sobre assuntos do seu interesse, promovem palestras e buscam soluções para os problemas de cada região.

Por ACSP