ACSP
ACSP

São Paulo, 1º de agosto de 2018. Para a Associação Comercial de São Paulo (ACSP), a decisão de hoje do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC) de manter a taxa básica de juros (Selic) em 6,5% foi acertada. O superintendente institucional da entidade, Marcel Solimeo, aponta três razões econômicas para a manutenção da taxa:

1.A inflação está no centro da meta, ou seja, dentro do que o Banco Central quer.

2.O nível da atividade econômica está muito fraco; qualquer aumento de juros nesse momento iria inviabilizar uma melhora da atividade.   

3.A aceleração da inflação no último mês foi acidental e pontual, provocado pela paralisação dos caminhoneiros, resultando em um desabastecimento momentâneo, mas que já está sendo normalizado.

“Não há indícios de que a inflação oficial feche o ano fora da meta ou sequer muito acima do centro da meta”, finaliza Solimeo.

 

Mais informações:
Renato Santana de Jesus
Assessoria de Imprensa
rjesus@acsp.com.br
(11) 3180-3220 / plantão (11) 97497-0287

Sobre a ACSPA Associação Comercial de São Paulo (ACSP), em seus 123 anos de história, é considerada a voz do empreendedor paulistano. A instituição atua diretamente na defesa da livre iniciativa e, ao longo de sua trajetória, esteve sempre ao lado da pequena e média empresa e dos profissionais liberais, contribuindo para o desenvolvimento do comércio, da indústria e da prestação de serviços. Além do seu prédio central, a ACSP dispõe de 15 Sedes Distritais, que mantêm os associados informados sobre assuntos do seu interesse, promovem palestras e buscam soluções para os problemas de cada região.

Por ACSP