ACSP
ACSP

NOTA À IMPRENSA

São Paulo, 4 de abril de 2018. O presidente da Associação Comercial de São Paulo (ACSP), Alencar Burti, comemora a derrubada ontem (3/4), pelo Congresso, do veto do presidente Michel Temer ao refinanciamento das dívidas (Refis) das micro e pequenas empresas.

“Era urgente essas empresas poderem parcelar seus débitos fiscais em condições e prazos compatíveis. A profunda recessão que o país atravessou justifica a adoção de medidas excepcionais, para evitar que milhares de empresas sejam inviabilizadas, e a criação de um Refis especial é uma delas”, comenta Burti, que também preside a Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp).

Ele ressalta que as micro e pequenas empresas, em sua grande maioria, foram prejudicadas pelas quedas das vendas e pelas dificuldades de acesso ao crédito durante a crise. “Elas ficaram descapitalizadas e endividadas - muitas, inclusive, inadimplentes -, correndo o risco de fechamento devido a dívidas fiscais, o que pode comprometer a retomada da economia brasileira e a recuperação do emprego”.

 

Mais informações:
Ana Cecília Panizza
Assessoria de Imprensa
apanizza@acsp.com.br
(11) 3180-3220 / (11) 97497-0287

Sobre a ACSPA Associação Comercial de São Paulo (ACSP), em seus 123 anos de história, é considerada a voz do empreendedor paulistano. A instituição atua diretamente na defesa da livre iniciativa e, ao longo de sua trajetória, esteve sempre ao lado da pequena e média empresa e dos profissionais liberais, contribuindo para o desenvolvimento do comércio, da indústria e da prestação de serviços. Além do seu prédio central, a ACSP dispõe de 15 Sedes Distritais, que mantêm os associados informados sobre assuntos do seu interesse, promovem palestras e buscam soluções para os problemas de cada região.

Por Ana Cecília Panizza