ACSP
ACSP

Roberto Sekiya cita que o Brasil é um dos Países que proporcionalmente mais abrem empresas no mundo, mas também o que mais quebram em curto espaço de tempo.
Mostrou a quantidade de micro e pequenas empresas no Brasil, segundo fonte do SEBRAE são mais de 6 milhões de micro e pequenas empresas no país, sendo 39% na área de serviços, 39% comércio, 9% agropecuária, 8% indústria e 4% construção.

Pontos principais da palestra:

  • Ciclos do empreendedor Brasileiro
  • Economia Colaborativa Compartilhada: produção e desenvolvimento de conhecimento compartilhado. Movimenta 15 bilhões de dólares ao ano; e a expectativa para 2025 é de 225 bilhões.
  • Economia Criativa: Atividades nas quais a criatividade e o capital intelectual são a matéria prima para a criação, produção e distribuição de bens e serviços.
  • Negócio Social: são empresas que têm a única missão de solucionar um problema social, são autossustentáveis financeiramente e não distribuem dividendos.

Tendências de Inovação Empresarial:

  • IoT: Os objetos agora têm vida própria: uma das principais tendências será o que chamamos de Internet das Coisas, ou seja, quando a Internet faz parte de todos os objetos e aplicativos que nos cercam.
  • Indústria 4.0 e Inteligência Artificial: A aplicação da robótica inteligente já é uma realidade nos processos industriais e o gerenciamento de big data, através da incorporação de um volume maior de sensores para controle de processos, permitirá ao setor completar a transformação digital em que já está imerso e que é um requisito fundamental para a inovação empresarial.

Tendências empresariais financeiras, algumas das tendências que os financistas não devem perder em 2019:

  • Blockchain ou cadeia de blocos: tecnologia disruptiva trouxe grandes mudanças ao setor financeiro, graças aos seus Bitcoins, que permitem a transferência direta de pagamentos on-line sem intermediários.
  • Big Data + Artificial Intelligence: Permitirá gerenciar os elementos fornecidos pela Big Data através de relatórios em tempo real ou através de cálculos de KPIs mais complexos que fornecem todas as informações necessárias para agilizar a tomada de decisões.
  • Pagamentos invisíveis: Pagar sem a necessidade de cash. Isto é, apenas com o uso de tecnologias que reconhecem sua presença, digitalizam a compra e fazem o débito de maneira remota. É um sistema no qual a tecnologia é capaz de identificar o cliente pelo olho ou a impressão digital. Além disso, os detalhes serão armazenados em um smartphone, para que você possa fazer compras sem filas.

Tendências empresariais em logística:

  • Expansão do e-commerce, Internacionalização e Sustentabilidade.

Tendências das empresas de E-commerce e Marketing:

  • Alterações na usabilidade da Web, Chatbots e Inteligência Artificial e Humanização do e-commerce.

Sobre o ministrante:

Roberto Sekiya: Presidente do Instituto Heimdall, CEO da Causa Empreendedora, foi subsecretario de Empreendedorismo e da Micro e Pequena Empresa do Governo do Estado de São Paulo e Secretário Executivo do Fórum da Micro e Pequena Empresa do Estado de São Paulo. Administrador de Empresas formado na FAAP com MBA pela FGV, tem o Empreendedorismo como uma causa por isto fomenta o Empreendedorismo no Estado de São Paulo, pois acredita que através dos Empreendedores que se faz uma transformação social e econômica do pais. É Transformador social, trabalhando com empreendedorismo, economia criativa, inovação e impacto social.

Ao final da palestra foi entregue o certificado de agradecimento ao Roberto Sekiya.

Quer participar dos próximos eventos? Confira aqui a agenda.
Você chega mais longe com o apoio das pessoas certas.

Você chega mais longe com o apoio das pessoas certas.
A ACSP é uma comunidade de empreendedores, venha fazer parte!

Por Distrital Sudeste