Cada empresa possui diferentes características e necessidades que devem ser levadas em conta na hora de contratar um serviço. Quando se trata de telefonia, também é assim.

No mercado, existem planos adaptados para atender a cada tipo de negócio. Mas, diante da diversidade de opções, o que é preciso considerar para escolher o melhor plano de telefonia móvel? A seguir, listamos alguns pontos fundamentais para a tomada da melhor decisão, mas que normalmente não recebem a atenção devida. Confira:

1. Não conhecer as reais necessidades da empresa

Antes de entrar em contato com qualquer operadora, avalie com cuidado quais são as verdadeiras necessidades da sua empresa para entender qual o perfil de uso que a sua linha terá. Por exemplo: você e seus funcionários farão mais ligações locais ou interurbanas? É preciso contratar serviços adicionais, como TV por assinatura ou seguros? Saber exatamente o que o seu negócio precisa antes de conhecer as opções é importante para evitar a contratação de uma oferta que não seja a ideal ou gastos com despesas acessórias, que encarecem o serviço e não trazem retorno para a sua empresa.

2. Verificar apenas as tarifas

Um dos maiores erros de quem contrata linhas corporativas é utilizar o preço do serviço como único critério de escolha. Antes de contratar, é preciso entender que o seu plano deve ser, sobretudo, funcional. O que isso quer dizer? Você pode se deparar, por exemplo, com duas ofertas: a operadora A tem o pacote mais barato, e o seu principal diferencial é conceder descontos para chamadas interurbanas. Já a operadora B cobra um pouco mais caro, mas tem pacotes mais atrativos para ligações locais – justamente o que a sua empresa mais precisa. Nesse caso, a segunda opção pode ser mais vantajosa, ainda que não apresente o melhor preço.

Avalie todas as vantagens e, se for necessário, peça para entrar em contato com a operadora ou gestora de telefonia em outro momento, depois analisar as ofertas com mais calma.

3. Contratar pacotes iguais para todos os funcionários

Se a sua empresa tem funcionários atuando em áreas distintas, é bem provável que cada um tem necessidades diferentes de uso de telefonia móvel. Ao contratar esse serviço, procure opções mais flexíveis, que se adaptem ao que cada colaborador ou setor da sua empresa precisa.

4. Não exigir acompanhamento de uso das linhas

Na pesquisa por serviços de telefonia móvel, dê preferência a aqueles que oferecem controle total das operações das linhas. Assim, fica mais fácil visualizar e mensurar se a necessidade da sua empresa está sendo atendida, perceber se em determinados períodos há variações de uso de serviços e se é preciso solicitar mudanças nos pacotes contratados em algum momento.

5. Escolher pacotes que não permitem mudanças

Em alguns períodos, é possível que a sua empresa precise contratar novos serviços, cancelar outros e fazer ajustes nos planos de telefonia. Avalie como funcionam esses procedimentos em cada operadora: muitas adotam cláusulas de fidelidade que dificultam adaptações e podem trazer complicações para você. Fique atento!

Quer ajuda para cuidar da telefonia móvel do seu negócio e ganhar tempo no dia a dia? A ACSP tem uma solução para você. Confira!

 

Você chega mais longe com o apoio das pessoas certas.
A ACSP é uma comunidade de empreendedores, venha fazer parte!

 


Por ACSP