Criar uma loja virtual é uma estratégia interessante para se aproximar dos clientes e aumentar as vendas. Mas, assim como em um espaço físico, fazer negócios na Web exige alguns cuidados e planejamento para que tudo funcione corretamente e o empreendedor não seja prejudicado.

Todo mundo sabe que a internet oferece benefícios que vão ao encontro das necessidades do consumidor moderno: praticidade, facilidade de comparar itens, comodidade e – em alguns casos – preços mais atrativos são alguns dos motivos que fizeram pessoas no mundo todo se renderem às compras on-line. Para os lojistas, a possibilidade de efetuar vendas de forma mais rápida e impactar clientes no ambiente virtual também representam grandes atrativos.

Mas, para quem vende na internet, há riscos de sofrimento de fraudes, que podem trazer desde um leve prejuízo até levar uma loja virtual à falência, em casos mais sérios.

Se você já tem ou está pensando em começar um negócio na internet, separamos alguns pontos para você evitar as fraudes na sua loja virtual. Confira!

O que é uma fraude?

No e-commerce, uma fraude pode ocorrer de três formas: a primeira delas é por meio de roubo de dados, quando as informações utilizadas pelos clientes são roubadas para utilizações ilegais diversas. Há, também, o uso de dados ilegais de terceiros, quando um criminoso utiliza os dados de outra pessoa para adquirir um produto ou serviço. Outra situação comum, conhecida como chargeback, ocorre quando a compra em um e-commerce é realizada, aprovada pela operadora de cartão e cancelada pelo titular depois que a mercadoria foi enviada ou entregue.

Agora que você já conhece os perfis de fraude, fica mais fácil planejar ações de segurança para cada uma delas, não é mesmo?

Tenha um certificado de segurança

Esta é, sem dúvida, uma das ações mais importantes para reforçar a segurança do seu e-commerce. Contar com um certificado de segurança é bom para a sua loja porque elimina os riscos de ter os seus dados roubados e ainda transmite mais confiança e segurança aos possíveis compradores.

Adote um sistema de análise de fraude

Você já ouviu falar em ticket médio? É o nome dado ao valor médio que cada cliente gasta em compras no seu estabelecimento. Essa métrica é importante e deve ser conhecida pela empresa, pois também pode servir como um indicador de fraude.

Se o seu comércio recebeu um pedido enorme e que foge dos padrões que os seus compradores normalmente seguem, fique atento! Isso pode indicar uma tentativa de compra fraudulenta. Conte com um sistema de análise de risco e busque a solução que mais se adequa às necessidades e orçamento do seu negócio. Seja criterioso na análise para evitar prejuízos.

Priorize a capacitação dos funcionários

Todos os funcionários, desde os que falam diretamente com os clientes até os responsáveis pela administração e processos mais burocráticos da empresa, devem estar cientes da importância de tarefas que evitem fraudes. Aliás, essa é uma questão que deve ser reforçada continuamente, e esclarecer dúvidas nesse sentido precisa ser prioridade contínua.

Estas são apenas algumas dicas de ações que podem ajudar a melhorar a segurança do seu e-commerce, mas é importante ressaltar que a questão é bastante complexa. Compartilhar experiências com outros empreendedores e contar com o apoio de bons profissionais que tenham domínio sobre desenvolvimento de lojas virtuais é muito importante. Depois, avalie o que pode ser feito no seu negócio, capacite a sua equipe e evite dores de cabeça por fraudes e perdas financeiras.

Há mais de 60 anos, a Boa Vista SCPC ajuda empreendedores a venderem com mais segurança por meio de serviços de inteligência analítica para recomendar ou não negociações, sugerir limites de crédito e informar riscos de inadimplência. Clique aqui para conhecer os pacotes com condições exclusivas para associados ACSP e boas vendas!

Com a ACSP você vai mais longe.
Faça parte da nossa comunidade de empreendedores.


 




Consulte o nome de seus clientes e venda com mais segurança



Realize consultas de crédito para fazer negócios mais seguros e evite o calote


Análise de crédito para pessoa física ou jurídica com quem é autoridade no assunto há mais de 60 anos! A Associação Comercial de São Paulo é uma instituição sem fins lucrativos que há mais de 100 anos se propõe a apoiar e promover as iniciativas empresariais e o empreendedorismo. Nós atuamos em benefício de nossos associados em intermediações comerciais com parceiros para oferecer produtos, serviços e soluções com melhores condições e custos menores.

 


 


Por ACSP