Graças ao avanço da tecnologia, o mundo parece cada vez menor e as pessoas, mais conectadas. Além do bom e velho tête-a-tête, com a ajuda das redes sociais, aplicativos de mensagens e até plataformas colaborativas na internet, é possível conectar pessoas mesmo que não estejam fisicamente próximas.

Atualmente, fazer networking e ampliar a rede de contatos é uma maneira interessante de conseguir bons negócios, se desenvolver como empreendedor e até melhorar os resultados da sua empresa.

Para qualquer empresário, é essencial estar em contato constante com pessoas que, de alguma forma, possam contribuir para seu crescimento pessoal ou profissional. Mas, afinal, o que torna o networking tão poderoso e como usar isso a seu favor? Neste conteúdo, vamos ajudá-lo a entender estas questões.

O que é networking? 

Networking é a habilidade de desenvolver sua rede de contatos. Esta é uma estratégia fundamental para qualquer carreira, independentemente do nível hierárquico em que você se encontra - e na jornada empreendedora esta é uma questão ainda mais importante.

No mundo do empreendedorismo, o networking é a capacidade de fazer conexões relevantes para o seu negócio. Por meio de uma boa rede de contatos, é possível conhecer fornecedores que oferecem condições mais favoráveis à sua empresa, concorrentes que podem servir de inspiração para o seu negócio e empresários que atuam em áreas diferentes e podem compartilhar ideias interessantes e inovadoras.

No entanto, isso não significa que qualquer relacionamento deve ser planejado visando ações exclusivamente voltadas ao crescimento da empresa. Vale lembrar que conhecer pessoas novas

também é importante para desenvolver seu lado pessoal. Por isso, esteja aberto a convites de todas as áreas.

Por que fazer networking é importante?

À medida que um negócio se desenvolve,a necessidade de investir em networking também aumenta. Para o empreendedor, ampliar a rede de contatos possibilita que oportunidades sejam criadas, e isso pode vir em forma de parcerias ou investimentos diretos no seu negócio. Por isso, dar uma atenção especial ao networking é algo que todo empresário deve desenvolver.

Como fazer networking?

Para desenvolver suas habilidades e descobrir como fazer networking, é importante ter em mente que a ansiedade não é uma aliada, já que o resultado não se dará de um dia para o outro. Para colher bons frutos, é necessário que haja constância nas ações direcionadas a reforçar sua rede de contatos.

Isso significa que participar de ações ou desenvolver estratégias pontuais pode não trazer resultados efetivos. Conseguir uma boa rede de contatos - e mantê-la próxima - exige dedicação contínua.

Por outro lado, essa “tarefa” não deve ser tornar algo maçante. Quando o assunto é comunicação, é importante desenvolver relações equilibradas e naturais com a sua rede.

Para ajudar você nessa missão, selecionamos seis dicas de como fazer networking. Confira, a seguir:

1-  Qualidade é mais importante do que quantidade 

Quando o assunto é networking, muitas pessoas acreditam que é necessário conhecer um monte de pessoas e manter contato com todas elas, mas não é bem assim: na verdade, a qualidade é melhor que quantidade.

É mais relevante contar com um grupo ativo de empreendedores que interagem no seu networking do que com uma imensidão de pessoas com as quais você não conversa quase nunca - e, portanto, não compartilham experiências interessantes.

2-  Busque contatos realmente relevantes

O poder da rede de networking está na capacidade de interação. Quanto mais ativa for a sua rede, maior é a chance de você atingir um objetivo. E isso pode ocorrer com mais facilidade quando há um contato constante com pessoas relevantes.

Antes de investir tempo e energia na construção de um novo relacionamento, entenda como este contato pode ajudar a desenvolvê-lo como empreendedor e por que essa experiência será rica para você.

3-  Entenda qual é a maneira certa de iniciar o contato

Fazer a aproximação correta é a chave para um bom networking. Isso porque, para fazer bons contatos, é preciso ficar atento para não ser inconveniente, invasivo ou cometer qualquer deslize que prejudique a sua relação com pessoas novas logo nas primeiras tentativas de aproximação.

Para começar, você deve entender o perfil de cada indivíduo que deseja incluir na sua rede. Pessoas com mais desenvoltura, por exemplo, têm maior probabilidade de permitirem esse primeiro contato. Por outro lado, com pessoas tímidas e mais reservadas é preciso utilizar recursos mais criativos. Respeite o perfil de cada um para conseguir melhores resultados.

Quando estiver em um evento, por exemplo, fazer perguntas relevantes e verdadeiras ao final de uma palestra, quando essa oportunidade é aberta, é uma estratégia para ser notado. Lembre-se: se você ficar escondido, não tem como fazer networking.

As redes sociais também são ótimas aliadas para fazer novos contatos. Estude esses meios e leve em consideração as características de cada um: o LinkedIn, por exemplo, tem um perfil de público e conteúdo mais corporativo. Já o Facebook tem características mais descontraídas. Então, a partir desta análise, comece uma comunicação adequada à cultura de cada plataforma social.

4-  Mantenha-se atualizado

Fique atento às novidades e sempre atualize seus conhecimentos sobre sua área de atuação. Assim, você consegue levar assuntos mais relevantes para as suas conversas e criar uma percepção mais apurada de quais pessoas devem fazer parte do seu networking.

Além disso, quando você acompanha as novidades do seu mercado, percebe que sempre tem assunto: sempre há questões a serem discutidas, percepções para se compartilhar e que podem agregar valor durante o seu networking.

Mais do que demonstrar sua capacidade de manter sua rede de contato ativa, isso também revela o seu interesse e autoridade no assunto.

5-  Dedique-se à manutenção dos novos contatos

Não basta se esforçar para conhecer gente nova e, depois, esquecer de manter o relacionamento. A comunicação deve ser mantida com constância e equilíbrio; afinal, um dos caminhos para fazer um bom networking é se mostrar.

Encontros presenciais, por exemplo, são importantes, pois são momentos de interação pessoal. Por isso, sempre que possível, esteja envolvido em feiras, palestras e até mesmo em cursos - desde que, claro, estas atividades também sejam relevantes para você.

Quanto às redes sociais, fazer postagens esporádicas não costuma trazer bons resultados: o ideal é determinar um calendário de publicações. Publicar uma ou duas vezes por semana em cada uma das plataformas sociais pode ser suficiente - e, mais uma vez, qualidade é melhor do que quantidade. O importante é manter a frequência e dedicar-se à qualidade das publicações.

Uma dica interessante para quem busca se destacar é fazer postagens relevantes no LinkedIn. Deixe a superficialidade de lado e, em vez de simplesmente compartilhar frases de efeito, escreva bons artigos sobre situações cotidianas. Com cuidado, você pode expor suas opiniões e formar uma rede de seguidores interessante.

6-  Priorize contatos com interesses em comum

Criar relacionamentos fica muito mais fácil quando há interesses e características em comum: seja na área de atuação, no bairro onde a empresa está situada ou por meio do envolvimento com as mesmas entidades, encontrar empreendedores que se identifiquem com você em algum sentido torna o networking mais natural e interessante.

Na Associação Comercial de São Paulo, por exemplo, os empresários associados formam uma comunidade de empreendedores e podem aproveitar a Vitrine de Vantagens. Na plataforma, eles podem expor gratuitamente produtos e serviços que suas empresas oferecem e que também podem facilitam o dia a dia de outras empresas.

Todo mundo sai ganhando: quem anuncia ganha visibilidade e quem compra tem a segurança de fazer negócio com membros da mesma comunidade e condições especiais. Para acessar a Vitrine e ver os serviços que já estão disponíveis por lá, é só clicar aqui.

Gostou das dicas que preparamos? Esperamos que elas tenham sido úteis para você e que a sua empresa utilize alguns dos canais que indicamos para fazer ótimos negócios!

 


Conheça alguns de nossos parceiros da vitrine de vantagens:

 


 

Por ACSP