Muitos profissionais sonham em crescer, mas nem todos estão dispostos a deixar sua zona de conforto para chegar aonde desejam. Danielle Petroni, Gerente Comercial da ACSP, não é assim.

Determinada, ela está entre aqueles que encaram novas experiências e gostam de desafios. Em um momento de grandes mudanças na Associação Comercial de São Paulo, ela encontrou o cenário ideal para mostrar a qualidade do seu trabalho, usar todo o seu conhecimento para fazer mudanças positivas e, acima de tudo, aprender muito.

Danielle é formada em Administração de Empresas com ênfase em Marketing e pós-graduada em Administração de Serviços e Administração de Negócios. Antes de chegar à ACSP, em outubro do ano passado, atou no mercado de certificação digital e, por mais de 10 anos, passou pelas áreas de produtos, projetos e Comercial em uma empresa de análises e informações para decisão de crédito.

Atenta às necessidades do mercado e sentindo a necessidade de renovação, em 2017, a ACSP começou um período de importantes transformações, especialmente no posicionamento comercial da entidade, que passou a desenvolver novos produtos e serviços para facilitar o dia a dia dos associados. E foi então que ela chegou e passou a fazer parte da Associação.

ACSP: O que te motivou a trabalhar na Associação?

D.P.: O que me chamou a atenção foi perceber que eu tinha um grande desafio pela frente. Logo no primeiro contato, na primeira entrevista, já pude perceber que essa instituição tão conhecida e com tanto tempo de história precisava passar por uma transformação importante para trazer novos conceitos e mostrar ao mercado de maneira mais clara como o trabalho que ela desempenha pode ajudar os empreendedores. Além da possibilidade de fazer coisas novas – porque eu já estava trabalhando há um bom tempo com um único produto –, aquela seria uma oportunidade de ter contato com diferentes produtos e serviços e aprender. Sem dúvida, isso me motivou. Então, apesar de ter uma bagagem, eu aprendo aqui todos os dias. E é um aprendizado muito rico e intenso, especialmente em um ano como este. Em 2018, o país passou por uma série de acontecimentos que influenciaram o mercado e, consequentemente, o nosso trabalho como área Comercial. Mas tudo isso me proporciona uma sensação muito bacana. Eu aprendo e, ao mesmo tempo, trago algumas coisas que já vivenciei em outros lugares para resolver questões que a gente tem aqui.

ACSP: E, para você, como é trabalhar em prol de empreendedores?

D.P.: Aqui na Associação, a gente ouve falar o tempo todo sobre a força do empreendedorismo, e que é essa força que move o País. E isso é uma realidade. O Brasil vive um período pós-crise, e na recessão, muitas pessoas precisaram começar um negócio. Esse movimento fez toda a diferença e está trazendo o País para um patamar importante de novo. E, aqui dentro da Associação, temos nas mãos a oportunidade de fazer pelos empreendedores coisas que nem eles sabem que precisam. Aqui, nós podemos oferecer uma série de facilidades para que, no dia a dia, ele possa se preocupar apenas com o que é realmente necessário, e do resto a gente cuida. E é por isso que a área Comercial da ACSP faz muito mais do que vender. O que nós fazemos é uma prestação de serviço, um apoio. Esse é realmente um trabalho importante e gratificante.

ESTRUTURA

A área Comercial da ACSP, gerenciada pela Danielle, possui alguns setores que trabalham de maneira integrada para alcançar melhores resultados.

· Consultores: a equipe de consultores é responsável pelo atendimento aos associados. Após entender a real necessidade dos empreendedores, eles oferecem o produto ou serviço que vai ao encontro do que a empresa precisa. Depois de efetuar a venda, os consultores continuam à disposição do associado para esclarecer dúvidas ou fazer qualquer adaptação relacionada à contratação do serviço. “São Paulo é uma cidade enorme, um grande mercado a ser explorado. Para conseguir atender a essa alta demanda, a nossa equipe tem muito foco e determinação. Estamos em um momento bem alto astral, de muita parceria, e isso é muito importante para trazer os resultados que a Associação precisa”, explica Danielle. “Para que tudo isso funcione, a gente também conta com um grande apoio das Distritais, que permitem que a gente organize as visitas de forma mais assertiva; uma coordenação que atua sempre junto e, assim, temos multiplicados os nossos braços para conseguir alcançar a todos”, conclui.

· Central de Relacionamento: a equipe da Central de Relacionamento também tem um papel fundamental no fomento de novos produtos e serviços que a Associação oferece, segundo Danielle Petroni. “Além de ser a porta de entrada para o associado em qualquer assunto, já que o telefone da Central é divulgado em todos os canais de comunicação da ACSP, agora eles também passarão a apresentar os novos produtos e serviços para os associados. Eles são como uma ponte entre o mercado e a Associação”, explica. “Além do atendimento ao público, eles também agendam algumas visitas dos consultores e conhecem com profundidade as áreas da Associação e os serviços que prestamos. É uma equipe multidisciplinar”, acrescenta a gerente.

· JUCESP (Junta Comercial do Estado de São Paulo): A ACSP também possui um posto da Junta Comercial do Estado de São Paulo (JUCESP), e realiza processos como abertura, alteração e encerramento de empresas, consultas de informações cadastrais e serviços afins. “A equipe possui muita maturidade no cumprimento das regras que a Associação precisa cumprir no convênio com a JUCESP. O mesmo profissionalismo é percebido nos funcionários que trabalham com certificação digital. A partir de janeiro de 2019, aliás, vamos ter esse serviço estendido para todas as distritais. Assim, o associado poderá ir até a unidade mais próxima e resolver questões importantes com mais praticidade”, conta Danielle. “Muitas vezes, o empreendedor chega na JUCESP cheio de dúvidas. Em outro lugar, ele provavelmente sairia ainda mais confuso, mas aqui, nossos profissionais conseguem prestar uma espécie de consultoria para que eles tenham as suas questões realmente resolvidas ou, pelo menos, saiam sabendo quais passos precisam ser dados para chegar à solução”, diz. “Para o próximo ano, temos projetos interessantes para aprimorar a JUCESP tanto do ponto de vista estrutural, fazendo mudanças no espaço físico, quanto na comunicação de outros serviços, que ficarão mais visíveis para os associados”, detalha Danielle.

TRABALHO EM CONJUNTO

Na ACSP, a área Comercial trabalha interligada a outras. “É o caso, por exemplo, do departamento de Marketing e da área de Gestão de Portfólio. No dia a dia, a gente funciona quase como uma coisa só, as equipes se apoiam muito”, conta a Gerente Comercial. “Além dessas, tem o Comércio Exterior, que fornece dados importantes para a Central de Relacionamento, as Distritais, que nos envolvem nos eventos e nas atividades... De verdade, sem a parceria com essas áreas, a nossa atuação seria quase impossível”, diz.

ROTINA

Como gerente, a rotina da Danielle envolve muitas tarefas. E o que ela mais gosta de fazer é estar em contato com os clientes. “Falar do que a gente sabe fazer, das oportunidades que a gente pode gerar para as empresas e oferecer soluções reais para esses empreendedores é o que realmente me dá prazer, é o que eu mais gosto”, finaliza.

Gostou de conhecer o trabalho da Danielle e da sua equipe na ACSP? Em breve, traremos entrevistas com outros colaboradores. Fique de olho!

 

Você chega mais longe com o apoio das pessoas certas.
A ACSP é uma comunidade de empreendedores, venha fazer parte!

 

 

Por ACSP