Empreender em sociedade não é tarefa das mais simples. Quem administra um negócio precisa tomar decisões importantes o tempo todo, e quando há mais de um envolvido nas escolhas, respeito e compreensão são fundamentais para evitar desentendimentos.

Mas a missão pode ficar muito mais fácil quando há entre os sócios uma relação de amizade e união. Hoje, celebra-se o Dia da Amizade, e vamos contar a história de dois amigos que têm em comum mais do que a profissão. Jefferson e Valmir são igualmente empenhados. Juntos, os dois advogados são responsáveis pelo escritório Abreu Carvalho & Souza Vidal – que, recentemente, ganhou um terceiro sócio: o Adriano, outro amigo.

Quem nos recebeu no escritório, no Centro de São Paulo, foi o Jefferson. Advogado desde 2002, ele conta que a escolha da profissão se deu muito cedo. Aos 14 anos, conseguiu o seu primeiro emprego como office boy em um escritório de advocacia e, em meio ao leva e traz de documentações e contato com advogados, ele percebeu sua afinidade pelo mercado jurídico. Então, decidiu mergulhar nesse universo.

Durante o curso de Direito, Jefferson fez alguns estágios. No último escritório por onde passou – que hoje é administrado por ele e os sócios –, conheceu o Valmir, que também era estagiário.

Na época, quem comandava a empresa era o advogado José Renato Teixeira de Campos Carvalho, que deixou o escritório. “Com a saída dele, ficamos o Valmir e eu. E foi aí que surgiu a ACSV Advogados. Passamos a ser sócios, efetivamente, em 2019”, relembra Jefferson.

Com a sociedade, o relacionamento foi se estreitando. A relação deixou de ser meramente profissional e se tornou uma grande amizade. “A convivência e os desafios diários foram formando uma relação de muito respeito, confiança e admiração. E a amizade surgiu de forma muito natural. Logo na sequência, as nossas famílias começaram a se conhecer, nossas esposas, nossos filhos... E esse convívio tem sido muito saudável”, conta Jefferson.

Enquanto muitas pessoas que trabalham juntas não querem contato após o expediente, as famílias do Jefferson e do Valmir já passaram até férias juntas. Recentemente, todos viajaram para o exterior e se divertiram muito. “Foi muito bacana reunir as famílias, levar as crianças... A gente aproveitou bastante. Realmente, nós nutrimos uma relação de confiança, e isso é necessário para que qualquer parceria dê certo, dentro e fora do trabalho. Se a confiança é quebrada, não tem como dar certo”, diz o advogado.

 

 

 

Qual característica do Valmir você considera importante para que essa sociedade dê certo?

Ele é realmente muito comprometido com tudo o que se propõe a fazer, e eu considero essa uma grande virtude. O comprometimento implica em abraçar aquela causa, a responsabilidade do processo. E ele é 100% nesse sentido, você poder confiar que, sempre que necessário, ele vai se dedicar e resolver qualquer problema. Do ponto de vista profissional, essa é uma grande qualidade.

E do ponto de vista pessoal?

O Valmir é uma pessoa fácil de lidar. Muitas vezes, a gente vê sociedades em que um é mais tranquilo e o outro é mais estressado, briga muito... Hoje, muitos escritórios de advocacia são assim. Os advogados são estressados ou têm mania de achar que são mais do que de fato são. Isso não é legal. Você precisa ter os pés no chão e entender que é um profissional como outro qualquer, e que presta um serviço para se manter no mercado. A vaidade é besteira. Na verdade, é um grande perigo. Ela pode te levar a cometer muitos erros, então você precisa ter autocontrole, impor limites a si mesmo o tempo todo. E, felizmente, não temos esse problema aqui.

EQUIPE

Hoje, o escritório Abreu Carvalho & Souza Vidal tem três advogados, uma secretária e uma assistente jurídica. O Adriano, que também já foi estagiário na empresa, é o sócio mais recente. Jefferson conta que a sua chegada agregou muito. “Estamos felizes com esse trio. Eu, por exemplo, sou mestre em Direito Desportivo, enquanto o Valmir tem especialização em Direito do Trabalho. Já o Adriano tem especialização em Direito Securitário e mercado de capitais com uma expertise em mercado financeiro, porque trabalhou em banco. A gente entende que essas aptidões e qualificações são muito importantes. É sempre bom agregar bons parceiros e abraçar diferentes áreas do Direito”, comenta Jefferson.

INOVAR PARA SE DESTACAR

Lidar com a concorrência é uma preocupação para quem empreende em todas as áreas, inclusive no Direito. E, para se destacarem no mercado, as empresas precisam se comportar de maneira estratégica.

No escritório, os amigos já fazem planos e realizam mudanças concretas. “Para lidar com a concorrência, a primeira coisa que você precisa é desenvolver um bom trabalho e inspirar confiança. E não dá para alcançar isso sem investir em aperfeiçoamento. Você precisa estar sempre estudando, buscando parceiros que possam somar conhecimento... Acho que é dessa forma que a gente lida com isso”, afirma Jefferson. “Há espaço para todo mundo, para aqueles advogados qualificados, que respeitam normas éticas e, em especial, o cliente”, diz Jefferson.

Para conquistar o protagonismo que tanto almejam no mercado, os advogados têm se atentado à inovação e apostado em transformação. “Hoje tudo é digital, sempre surgem novas áreas, novas mídias... E a gente precisa estar atento a isso, ou corre o risco de ficar para trás. É nosso dever acompanhar essa evolução da sociedade e buscar o nosso espaço nas nossas áreas de atuação oferecendo os melhores serviços”, ele afirma.

Há pouco tempo, o escritório foi reformado e ganhou uma cara nova, mais contemporânea. “A ideia é modernizar, aproveitar melhor o espaço e trazer mais integração. O plano de expandir os negócios do escritório também fez com que a gente reformasse. Os escritórios tradicionais às vezes trazem uma proposta arquitetônica mais fechada, carrancuda. E a gente não quer passar essa ideia. Aqui, o cliente tem que se sentir bem, em um espaço agradável”, explica.

FUTURO

Até o fim do ano, os advogados esperam dobrar a quantidade de funcionários. Em longo prazo, a ideia é expandir a atuação do escritório e ter outras unidades em outros estados. “A gente precisa ser um pouco agressivo – claro que sempre respeitando as normas legais e éticas – para se posicionar e não perder espaço para a concorrência. Se você fica muito passivo, esperando as coisas acontecerem, elas vão acontecer, mas não para você. Então, é melhor pecar pelo excesso, ir à busca de novos negócios e novas parcerias”, defende Jefferson. “Assim como eu não procuro um oftalmologista para tratar do joelho, no Direito, é preciso ser um especialista para oferecer um bom trabalho, e não dá para ter o domínio necessário de todas as áreas. As leis mudam com frequências, são coisas novas todos os dias e a gente não consegue acompanhar. Você tem que focar no que faz e tentar ser o melhor nesse segmento. Se você faz tudo, não faz nada. Então, a nossa ideia é não apenas ser um escritório grande, mas ter especialistas para cada área”, conclui.

 

A ACSP deseja todo o sucesso à Abreu Carvalho & Souza Vidal Advogados e que a amizade dos nossos associados se fortaleça cada vez mais! Gostou de conhecer a empresa do Jefferson, do Valmir e do Adriano? Em breve, traremos novas histórias da nossa Comunidade de Empreendedores. Aguarde!

E, se você quer entrar em contato com o escritório, confira os contatos a seguir:

SOBRE O NEGÓCIO

Abreu Carvalho & Souza Vidal Advogados

Rua Quintino Bocaiúva, 231 – 5° andar

Telefone: 11 3106-1445

E-mail: contato@acsv.com.br

Site: www.acsv.com.br

 

Você chega mais longe com o apoio das pessoas certas.
A ACSP é uma comunidade de empreendedores, venha fazer parte!

 

 

Por ACSP