Você se sente completamente seguro ao acessar a sua conta bancária pelo computador? E para compartilhar informações sigilosas sobre a sua empresa no ambiente virtual?

Hoje, a internet proporciona uma série de facilidades à rotina do empreendedor, mas muitos deixam de aproveitar esse recurso em momentos importantes por medo de sofrer fraudes, principalmente no que diz respeito às transações eletrônicas. Essa preocupação com a segurança dos dados trocados na internet faz muito sentido, mas já existe uma solução para isso: a Certificação Digital. Além de segurança, essa tecnologia foi desenvolvida para oferecer autenticidade, confidencialidade e integridade às informações: é como uma carteira de identidade eletrônica que atesta a identidade das partes envolvidas.

O e-CNPJ é um exemplo de Certificado Digital que permite ao empreendedor cumprir uma série de obrigações de maneira mais prática, mas sem abrir mão da segurança. Ele é versão eletrônica do CNPJ, e garante a autenticidade e a integridade das transações de pessoas jurídicas na Web. Com ele, a empresa pode fazer procurações, transmissões de escriturações fiscais, ter acesso a mais serviços no site da Receita Federal, em instituições públicas e privadas. Tudo por meio eletrônico, com mais comodidade.

Segundo as normas da Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira (ICP Brasil), todo Certificado Digital brasileiro é um documento intransferível, para uso exclusivo do seu titular – assim como qualquer documento físico. O e-CNPJ está vinculado à Receita Federal do Brasil; portanto, sempre deve ser emitido para o representante legal cadastrado neste órgão.

Com o e-CNPJ, também é possível emitir nota fiscal eletrônica. No entanto, se na sua empresa o responsável pelo e-CNPJ não é o único a emitir notas fiscais eletrônicas, ele não é o mais indicado. Nesse caso, a melhor alternativa é usar o Certificado Digital NF-e, que foi desenvolvido exclusivamente para a emissão de notas fiscais.

O que é o Certificado Digital NF-e?

O Certificado Digital NF-e foi criado especialmente para a emissão segura da nota fiscal eletrônica, que é mais econômica e sustentável, pois elimina a necessidade de consumo de papel e, consequentemente, gastos com manuseio e armazenamento.

Outro benefício da NF-e é a integridade dos dados e acompanhamento em tempo real das notas fiscais emitidas. Como os Certificados Digitais são documentos intransferíveis, funcionários e sócios que emitem notas fiscais eletrônicas nas empresas devem adquirir um certificado NF-e para cada um. Nele, constarão o CNPJ da organização e o CPF do responsável pela emissão.

O Certificado Digital NF-e pode ser emitido e armazenado de duas formas: no computador (A1) ou mídia criptográfica (A3), em cartão ou token. Antes de optar pelo A1 ou A3, verifique qual é compatível com o seu sistema de emissão de notas fiscais eletrônicas.

Se você quer simplificar os processos na sua empresa e conhecer outros benefícios que o Certificado Digital pode trazer à sua rotina, clique aqui para saber mais e conferir os benefícios exclusivos disponíveis para os associados ACSP!

 

Você chega mais longe com o apoio das pessoas certas.
A ACSP é uma comunidade de empreendedores, venha fazer parte!

 

 

Por ACSP