Há poucos anos, usar o celular para pagar contas e fazer transferências eram consideradas tarefas muito modernas. Quando esses processos começaram a se difundir, mal imaginávamos que as atividades financeiras se tornariam tão tecnológicas, práticas, seguras e presentes no nosso cotidiano.

Para atender à necessidade de praticidade no dia a dia, o cenário econômico tem sofrido constantes transformações e evoluções digitais. Com a rotina cada vez mais agitada, todos buscam se livrar do excesso de burocracia e ganhar tempo. Inclusive as empresas. Em alguns casos, conseguir crédito com rapidez, por exemplo, pode ser a solução para expandir um negócio ou até garantir a sua sobrevivência no mercado.

E, diante dessa necessidade, as fintechs têm conquistado os consumidores. Essas startups financeiras trabalham com sistemas digitais que permitem entregar resultados altamente satisfatórios com menos burocracia e em prazos menores.

Os números mostram a força do crescimento do setor: criada em 2017, a Associação Brasileira de Fintechs (ABFintechs) encerrou o ano com 250 associadas. Em abril de 2018, o número saltou para 343. Segundo a entidade, o ritmo de crescimento dessas empresas no país é de 300% ao ano, em média.

Outro fator que tem contribuído para o sucesso das fintechs é a oferta de tarifas reduzidas nos serviços financeiros. Em um cenário de juros altos, as startups representam uma alternativa muito interessante, especialmente para micro, pequenas e médias empresas que buscam linhas de financiamento de capital de giro e, ao procurarem os bancos tradicionais, se deparam com taxas elevadas e lentidão nos processos.

Conheça a nova solução da ACSP
para levantar capital de giro!

Mas, apesar das facilidades, para uma parcela significativa dos empreendedores essas empresas ainda são desconhecidas: um levantamento divulgado no final de agosto pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (FIESP) apontou que 54,8% dos empresários ligados à entidade ainda não tinham ouvido falar dessa modalidade de serviços financeiros.

Embora sejam consideradas uma novidade, as fintechs já oferecem uma diversidade de serviços: algumas atuam como operadoras de cartões de crédito 100% digitais, outras gerenciam investimentos e atuam em atividades ligadas a meios de pagamento, crédito, renegociação de dívidas e a gestão financeira, se tornando grandes aliadas dos empreendedores.

E você? Já conhece essa novidade?

 

Você chega mais longe com o apoio das pessoas certas.
A ACSP é uma comunidade de empreendedores, venha fazer parte!

 

Por ACSP