Atingir bons resultados é o desejo de qualquer empreendedor, e muitos se perguntam o que fazer para que a sua empresa se torne mais produtiva. Segundo o especialista em gestão do tempo e produtividade Christian Barbosa, não se cria empresas mais produtivas, e sim, pessoas mais produtivas. Juntas, essas pessoas formam equipes que, se conseguirem desenvolver uma boa performance, geram resultados mais positivos para a corporação.

Mas, afinal, quais medidas o gestor pode adotar para que cada colaborador se torne mais produtivo?

Comece olhando para os processos da sua empresa e siga as dicas que preparamos especialmente para você.

1) Tenha objetivos bem definidos

Se você quer melhorar a performance do seu time, a primeira coisa que precisa fazer é definir os objetivos do seu negócio e os prazos para que sejam cumpridos. Isso sempre precisa estar bem claro para os funcionários. Sem essa noção, as pessoas acabam se perdendo na priorização e ganham mais atividades urgentes na rotina. Comunique a sua equipe sobre as tarefas que são prioritárias para o dia, semana ou mês, dependendo de como funcionam os prazos na sua empresa.

2) Adote indicadores

As pessoas gostam de saber que estão melhorando; mas, quando não estão, também é importante que sejam comunicadas, para que possam pensar no que pode ser mudado. Um dos grandes erros que os empresários cometem é definir metas, planejar prazos e comunicar a equipe, mas não pensar em um indicador para que todos saibam se estão próximos ou distantes do objetivo.

Conhecidos como KPIs (Key Performance Indicators), os indicadores de performance são grandes aliados da produtividade. Se você tem um comércio, por exemplo, o número de vendas em um período pode ser um KPI. Desenvolva um de acordo com a área de atuação da sua empresa e note como será mais fácil perceber se a sua equipe está performando bem ou se os resultados não estão sendo os esperados. Se a avaliação for negativa, você pode reunir o time para, juntos, discutirem melhorias.

3) Use uma ferramenta de gestão

Se você ainda não usa uma ferramenta de gestão, é hora de começar! Há uma diversidade de softwares de gestão de equipes em plataformas muito simples de usar.

Um software de gestão de tarefas te ajuda a delegar com mais eficiência e saber o que está sob a responsabilidade de cada funcionário. Se o líder não sabe o que está acontecendo, pode destinar muitas tarefas a um colaborador que já está sobrecarregado e não explorar a produtividade de outro, o que prejudica a equipe inteira. No entanto, quando um líder está antenado a tudo, tem mais controle dos processos e pode negociar melhor os prazos com a equipe, além de reduzir o número de reuniões na sua empresa. O resultado é mais tempo disponível na agenda de todo mundo!

4) Fique atento ao relacionamento com a equipe

Estar envolvido com a sua equipe é essencial. O que isso significa? Que você precisa dar atenção aos funcionários e, constantemente, avaliá-los para que saibam como estão performando. Se você já tem metas definidas, usa os indicadores de performance e tem controle das atividades e resultados, pode entender mais facilmente onde eles estão acertando e errando.

Sempre que necessário, ajude os colaboradores a corrigirem os erros e, nos acertos, parabenize-os sempre que possível. Isso mostra que você está atento ao trabalho deles e que cada um é parte importante do processo.

5) Invista em saúde

Saúde e produtividade estão muito relacionadas, e todo mundo sabe que quem não se sente bem também trabalha com mais dificuldade. Que tal considerar a possibilidade de investir na saúde e bem-estar dos seus funcionários?

Se para a sua empresa é inviável oferecer planos de saúde, por exemplo, a ACSP tem um serviço com valores bastante acessíveis que pode te ajudar com isso. Conheça!

 

 

Você chega mais longe com o apoio das pessoas certas.
A ACSP é uma comunidade de empreendedores, venha fazer parte!

 

Por ACSP