Só quem tem uma empresa sabe como é desafiador administrar o próprio negócio. Mas, no empreendedorismo, a máxima “a união faz a força” tem muito sentido - e o associativismo é prova disso.

Por se tratar de um modelo que incentiva a cooperação e integração entre indivíduos, o associativismo visa proporcionar crescimento aos envolvidos na rede. Por isso, mais do que um recurso de aproximação, ele também é uma estratégia de expansão, e permite que os participantes se desenvolvam mais do que os seus concorrentes no mercado. Ainda não ficou claro? Vamos explicar com mais detalhes.

Associativismo: uma prática de fortalecimento

O prática do associativismo é antiga, e surgiu muito antes da criação do próprio termo. Trata-se de uma metodologia aplicada em empresas de qualquer área de atuação, desde que todas tenham algo em comum.

Por exemplo: a Associação Comercial de São Paulo reúne milhares de empreendedores que têm empresas na capital paulista. Esta característica em comum facilita a integração entre os empresários associados e permite que eles estejam mais unidos nas ações desenvolvidas pela entidade e que visam fortalecer os participantes.

Pequenos negócios são os maiores beneficiados

De modo geral, pequenas empresas têm dificuldades para enfrentar a concorrência de grandes corporações. Recentemente, o Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) liberou um relatório preocupante sobre o percentual de sobrevivência de negócios de pequeno porte no Brasil: um em cada quatro empreendimentos fecham as portas antes de completar dois anos no mercado.

Neste cenário, o associativismo funciona como um recurso para fortalecer especialmente os pequenos e médios empreendimentos, tornando-os mais competitivos e agregando qualidade aos produtos e serviços que oferecem para o mercado.

As consequências são positivas: os micro, pequenos e médios empreendedores conquistam um público maior. O consumidor, por sua vez, também ganha, pois passa a contar com mais empresas à sua disposição. Com o aumento da concorrência, surgem melhores condições e ofertas.

O que os associados podem realizar em conjunto?

O associativismo nada mais é do que um modelo de colaboração entre empresas que têm interesses em comum. Os benefícios desta união são diversos: vantagens econômicas, conquistas relacionadas à representatividade e defesa mútua de interesses são apenas alguns deles.

Na ACSP, os associados se mobilizam conjuntamente para dar visibilidade a questões como a redução da carga tributária - que representa um grande empecilho para o desenvolvimento dos negócios no país -, além de lutar por outras causas junto aos órgãos públicos para favorecer o empreendedorismo.

Além disso, os empresários associados têm direito a benefícios relacionados a atividades que fazem parte do seu dia a dia - como análise de crédito com condições exclusivas, telefoniamóvel corporativa, opções de crédito e diversas ofertas que facilitam a rotina do empreendedor.

A seguir, listamos algumas vantagens que o associativismo pode oferecer ao empresário. Veja:

5 benefícios do associativismo para o empreendedor

  1. Troca de experiências: a união propiciada pelo associativismo faz com que os empreendedores pensem de modo coletivo, troquem experiências ricas e tenham ideias que os ajudem a crescer em conjunto. Na Associação Comercial de São Paulo, os empresários podem participar de eventos que são oportunidades para ampliar o networking e firmar parcerias;

 

  1. Conhecimento aprimorado: cada empreendedor traz bagagens valiosas, e o convívio com mais empreendedores é uma chance de adquirir mais conhecimento - além de trocar ideias sobre a rotina à frente de uma empresa, para os que ainda estão começando nesta jornada;

 

 

  1. Redução de custos: em uma rede com um número maior de integrantes, é mais fácil conseguir preços mais acessíveis em produtos e serviços que fazem parte do dia a dia da sua empresa. Na ACSP, os associados têm condições exclusivas em diversos deles.

Usando a Vitrine de Vantagens, por exemplo, os empresários podem anunciar seus  produtos e serviços para outros associados sem pagar nada - e os compradores contam com ofertas especiais. Com a redução de custos gerada por despesas menores, o lucro aumenta e a sua empresa pode chegar ainda mais longe;

Leia também | Clubes de ofertas: por que eles ajudam a sua empresa?

  1. Autoridade para a marca: utilizar uma marca forte como a de uma Associação Comercial na fachada ou nas dependências do seu estabelecimento é uma forma de relacionar a imagem do seu negócio à reputação da entidade, o que ajuda a transmitir credibilidade ao seu público;

 

  1. Maior competitividade: com acesso a produtos e serviços mais baratos, mais conhecimento de negócio e uma rede de contatos mais robusta - benefícios conquistados por meio do associativismo -, o seu negócio ganha visibilidade e, por consequência, maior competitividade no mercado.

Agora que você já conhece um pouco mais sobre o conceito de associativismo e como ele funciona, que tal se unir à comunidade de empreendedores da ACSP e ter acesso a todos os benefícios que a instituição oferece? Para saber mais detalhes, clique aqui e acesse outras informações sobre as vantagens exclusivas para associados. Faça parte!


Por ACSP