6 dicas para vender mais na Black Friday 2020

Apesar de ser considerada a data de compras mais importante dos Estados Unidos, a Black Friday sempre teve seu sucesso questionado no Brasil. E não é para menos: por aqui, as vendas até crescem neste período, mas o número de denúncias recebidas pelos órgãos de proteção ao consumidor na data também impressiona.

 

A maioria delas diz respeito aos “descontos maquiados” que muitas empresas oferecem para atrair o público. Só no ano passado, o Procon-SP aplicou mais de 300 milhões de reais em multas a estabelecimentos por essa razão.

 

Em 2020, estimar os resultados da Black Friday é um desafio. Em meio à pandemia, os consumidores buscam evitar aglomerações, varejistas têm receio de fazer grandes estoques e o cenário ainda é de incertezas. Mesmo assim, é importante estar preparado para fazer mais negócios e conquistar, neste período, clientes que podem voltar o ano todo.

Confira seis dicas que não devem ser esquecidas nesta Black Friday:

  1. Seja transparente com o público

Como já mencionamos, uma das maiores reclamações dos consumidores durante a Black Friday envolve lojas que, pouco antes da promoção, aumentam os preços para que o desconto concedido na data comemorativa pareça maior.

Essa prática, além de desonesta, não contribui em nada com o crescimento da sua empresa: ao invés de aumentar as vendas, afasta os clientes e ainda pode gerar uma imagem ruim para o seu negócio.

  1. Organize a logística

Para que qualquer ação promocional seja bem-sucedida, a empresa precisa estar preparada para entregar o que promete ao público. Por isso, é fundamental que haja sinergia entre as áreas de vendas e o estoque.

Na loja física, especialmente, anuncie os produtos disponíveis para entrega imediata. Se por falta de comunicação ou controle for oferecido ao cliente algo que ele não pode levar, com certeza eles sairão insatisfeitos da loja. Lembre-se: datas comerciais podem ser grandes aliadas da sua empresa e representar uma oportunidade para atrair e fidelizar clientes. Por outro lado, uma experiência de compra ruim pode fazer com que o seu negócio perca até os seus clientes mais fiéis. Atenção aos detalhes!

  1. Ofereça um atendimento excelente

Reforçar a importância de um bom atendimento nunca é demais, afinal, todo o esforço para atrair o público à sua loja pode ser em vão se, no estabelecimento, ele não encontrar o que espera e precisa.

De que maneira você tem cuidado dessa questão no seu comércio? Você e sua equipe devem participar de treinamentos constantes e conhecer muito bem os produtos e serviços oferecidos pela sua empresa. Essa é uma maneira de transmitir segurança ao consumidor em uma data que já levanta muitas dúvidas do público.

  1. Ofereça mais que bons preços

Todo mundo sabe que, na Black Friday, os descontos são o principal atrativo para o público. No entanto, você precisa ter em mente que seus concorrentes também vão oferecer preços baixos. O que a sua empresa pode fazer para se diferenciar?

As possibilidades de agregar benefícios à compra são diversas: sorteios, cartão fidelidade, degustação, horário de atendimento estendido e vendas adicionais (do tipo “leve 3 e pague 2”) são algumas delas. Exercite a criatividade, mas lembre-se de criar opções que realmente façam sentido para o seu público.

  1. Capriche na vitrine

A vitrine também é um recurso muito importante para atrair clientes, pois ajuda a reforçar a identidade da sua loja e fazer com que o consumidor escolha a sua, e não a do concorrente. Nas lojas virtuais, o layout da página e a organização das informações também fazem a diferença.

O aspecto visual tem um papel fundamental na conquista do público, então, não deixe de explorar esse recurso. Cuide da iluminação e da disposição dos móveis, para que o ambiente seja agradável para o seu público, e seja eficiente para despertar o desejo de consumo. Se você ainda não sabe como montar uma vitrine atrativa para a Black Friday, confira as 6 dicas que preparamos especialmente para a data.

Conheça a nova solução da ACSP
para sua empresa vender mais!

Leia também | Dicas para deixar sua loja mais interessante

  1. Esteja presente nas redes sociais

Essa orientação vale tanto para quem vende na loja física quanto para quem tem uma loja virtual. As redes sociais são interessantes porque, além da possibilidade de grande alcance do público, permitem publicar conteúdos de diversos tipos: divulgação de ofertas, dúvidas dos clientes, relacionamento com o público e muito mais. Não deixe de aproveitar esse recurso e usá-lo com frequência!

Leia também | Como utilizar o Facebook e o WhatsApp para prospecção de clientes

Gostou das dicas? Esperamos que elas possam ter trazido novas ideias para você implementar nesta Black Friday. Por aqui, continuamos pensando em novos conteúdos para te ajudar a chegar ainda mais longe. Acompanhe as nossas publicações e faça parte da nossa comunidade de empreendedores!


Por ACSP