Além da saúde pública, a escalada do novo coronavírus vêm trazendo impactos importantes no desempenho da economia. No Brasil, muito tem se falado sobre as dificuldades enfrentadas pelos micro e pequenos empreendedores nesse período, e a preocupação é legítima. Isso porque, de acordo com o Sebrae, as empresas de pequeno porte são responsáveis pela geração de mais de 70% dos empregos formais do país e representam quase um terço do PIB (Produto Interno Bruto) brasileiro. Por isso, nesse cenário delicado, desenvolver iniciativas para contribuir com esses negócios é tão importante.

Para atravessar a crise, muitos empresários estão aproveitando o período da quarentena e readaptação da rotina para aprimorar seu conhecimento sobre empreendedorismo e aprender estratégias para adequar as atividades da empresa ao momento. E, sem dúvida, o conhecimento é uma das grandes armas para vencer essas dificuldades.

Tecnologia como aliada

A boa notícia é que, em meio à crise, a tecnologia tem sido uma forte aliada. Após quase dois meses de quarentena, é cada vez maior o número de instituições que preparam transmissões ao vivo - as chamadas lives - com conteúdo específico para empreendedores e trazem temas valiosos.

A Associação Comercial de São Paulo, por exemplo, desenvolveu uma série de entrevistas com especialistas para levar aos empresários assuntos relevantes e orientações que podem ser aplicadas em momento de crise. Os episódios da série #TamoJuntoSP são transmitidos sempre nos dias úteis, às 16h30, e contam com a presença de profissionais especializados em diferentes áreas. Até o momento, foram apresentados mais de 15 episódios com temas que vão desde opções de financiamento e técnicas de marketing digital a novas medidas trabalhistas em tempos de pandemia. Os conteúdos gravados também ficam disponíveis na página de vídeos da ACSP e no canal da instituição no YouTube.

Reforçando o aprendizado: cursos rápidos e workshops

Outra iniciativa interessante que surgiu com a chegada da pandemia também diz respeito à capacitação. Em todo o país, grandes instituições de ensino, como a Fundação Getúlio Vargas (FGV), Insper e a Escola de Negócios Saint Paul estão disponibilizando cursos gratuitos durante a quarentena. Muitos deles são voltados a gestão de pessoas, administração e noções de marketing - fundamentais para quem tem um negócio. Em São Paulo, o Senac liberou 24 cursos online gratuitos, entre extensão universitária e cursos livres, para aprender em casa. Vale a pena conferir.

Leia também | Capacitação de funcionários: 4 maneiras de manter a sua equipe atualizada

Aproximação com o público

Mais que uma ferramenta de aprendizado para o empresário, as lives também podem ser um importante instrumento de aproximação com os clientes. Graças às transmissões ao vivo, é possível aproveitar o período da quarentena para produzir conteúdos relevantes e interessantes para o seu público, a partir da especialidade da sua empresa.

Quer um exemplo? Se o seu negócio está relacionado a alimentação, preparar vídeos ensinando uma receita pode atrair pessoas interessadas em aprender a cozinhar e, de quebra, reforçar a autoridade da sua empresa como especialista no preparo de refeições. Quem tem um salão de beleza, por sua vez, pode compartilhar técnicas utilizados em algum procedimento de cuidado capilar. Uma dica para levantar temas interessantes é comunicar aos clientes por meio das redes sociais a sua intenção de produzir um novo conteúdo e pedir sugestões de assunto aos próprios seguidores.

Outra possibilidade é criar vídeos com “curiosidades” sobre a sua empresa, mostrando como ela funciona nos bastidores e o que tem feito de diferente nesse período. Nesse caso, há uma oportunidade de mostrar como o seu negócio tem cuidado dos funcionários, quais medidas têm sido tomadas em relação à higiene para preservar a saúde dos clientes e até divulgar promoções especiais. Mas, cuidado: fique atento para não tornar o vídeo muito comercial e desinteressante, pois esse tipo de conteúdo não costuma engajar a audiência.

Percebeu como as lives também podem ajudar a sua empresa durante a crise? Então, é hora de colocar a criatividade em prática e começar a usar esse recurso. Esperamos que ele traga bons resultados para o seu negócio nesse período tão delicado. Conte com a ACSP! #TamoJuntoSP

Leia também | 8 estratégias que a sua empresa pode adotar durante a crise do coronavírus


Por ACSP